Cozinha Afrodisíaca

Esta semana, que antecede o famoso “Dia dos Namorados”, sempre foi marcada por anúncios de televisão com casais aos beijos, e muitas ofertas de compras. Clássico! É um dos melhores dias para o comércio em geral, e também é ótimo para restaurantes. Mas outra figurinha fácil nessa época é a aula de “Cozinha Afrodisíaca”.

Amor...

Desta vez sobrou pra mim! Fiquei com a responsabilidade de desenvolver o tema com os alunos do módulo máster, que se formam este ano. Aceitei a aula sem pensar muito e acabei descobrindo algumas nuances muito interessantes.

O primeiro susto foi quando me dei conta que praticamente todas as aulas, em todos os lugares onde pesquisei, eram ministradas por mulheres. É estranho pensar nisso, mas até pode parecer algum tipo de preconceito da minha parte, mas é um fato. Depois da pesquisa iniciada comecei a entender. As mulheres, em geral, são mais sensuais que os homens. É bastante natural, para elas, falar de sexo sem caírem na vulgaridade. Os homens em geral são mais diretos e objetivos (sem julgar a eficiência, ok?).

Eu precisaria quebrar este paradigma se quisesse sensibilizar as pessoas.

Essa cadeira tem um espaço na grade de 8 horas, ou seja, duas aulas. Aproveitei então e separei a aula em duas fases: a primeira onde teríamos uma discussão mais teórica, explicando os conceitos, os alimentos e suas ditas funcionalidades, e tudo mais. Culminando em uma experiência sensorial, onde pudemos degustar pequeninas porções de guloseimas e bebidas, com fundo musical e luzes diminuídas, tudo isso para gerar um clima propício.

Queijo cremoso, vinho licoroso aquecido com especiarias, uma desconstrução do Sonho de Valsa, Chocolate Black com licor de menta e finalizando sorvete de creme com calda fumegante de gengibre. Os risinhos foram o efeito sonoro de fundo.

Podem crer, não é nada fácil falar de estímulos sexuais sem parecer um adolescente idiota ou velho tarado.

No segundo dia preparamos um menu, com vários insumos de fama excitante. A idéia era que cada grupo preparasse um jantar para um casal. Uma restrição importante é que estamos tratando de comida estimulante e por tanto, é preciso utilizar técnicas de execução e finalização contemporâneas, para excitar não apenas os sentidos básicos como também as mentes dos comensais. Tendo em mãos as descrições dos pratos cada grupo desenvolveu as receitas, respeitando as técnicas, dando um clima de criatividade com controle. As seis chamadas foram na ordem:
I. Amuse-buche: Coquille-Saint Jaques grelhado ao molho de coral com espuma de água-do-mar
II. Entrada fria: Creme de melão Cantaloupe, vinho do Porto branco e Parma Crocante
III. Entrada quente: Cheesecake quente sobre massa de pistache com cobertura de pétalas de rosas coloridas em calda de água de rosas e conhaque
IV. Primeiro prato: Risotto de morangos com espumante rose, e lascas de chocolate e fleur de sal
V. Prato principal: Medalhão de mignon aromatizado com baunilha, patê de fígado envolto em harumaki crocante e molho de melaço de romã
VI. Sobremesa: Granité de gengibre, laranja e dedo-de-moça

Sem entrar em detalhes posso dizer que os insumos eram no mínimo energéticos. E assim pude demonstrar a minha idéia: o afrodisíaco está na cabeça de cada um, o resto são reações químico-fisicas.

A noite foi ótima e pudemos dissipar a energia gerada pelas aulas com muito humor.

Feliz Dia dos Namorados!

Obs.: ainda como dica rápida no sábado, dia 12, acontecerá um Jantar beneficente, no restaurante Refeitório Orgânico, em Botafogo. A idéia é jantar como o seu par, comendo comida vegana da melhor qualidade, e se já não fosse suficiente ajudar uma causa nobre: animais resgatados das ruas. Veja o cartaz abaixo. Aguardo vocês!

Jantar Vegano! Traga o seu amor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: